Informações
Doshin So
O que é Shorinji Kempo?
Chinkon
Alunos
Fotos e vídeos
Artigos e discursos
Notícias
Glossário
Onde praticar
Como comprar seu Dogi
Links
Contato

Alunos
Login:
Senha:

Esqueceu sua senha?

Ajuda

Aviso Legal
Doshin So - o fundador do Shorinji Kempo
© Nipon Shorinji Kempo Federation

Nascido em 1911 em Okayama, o filho mais velho de oficial da alfândega, Doshin So foi enviado para morar com seu avô na Manchúria após a morte de seu pai.

Aos 18 anos, ele viajou extensivamente na China e estudou os princípios do kempo chinês. Em Pequim, Doshin So estudou com Wen Laoshi, o 20º Mestre da Escola Shorinji Giwamonken do Norte. Em uma cerimônia no Templo Shaolin em 1936, Doshin So tornou-se o sucessor direto de Wen Laoshi, o 21º Mestre.

No dia 9 de Agosto de 1945, Doshin So estava na Manchúria Oriental, quando o exército Russo invadiu o local. Naquela época, a Manchúria, localizada na região nordeste da China, estava sob ocupação japonesa. No dia 15 de Agosto, a Segunda Guerra acabou com a derrota do Japão. Durante o próximo ano, ainda na Manchúria agora sob a ocupação Russa, ele experimentou a miséria e o sofrimento da derrota em uma terra estrangeira, onde os interesses de nações vinham antes da ideologia, religião e moral das pessoas. Nações lutaram, e a vitória foi do país que melhor se organizou para derrotar e matar pessoas. O mais forte ditava as regras, e os japoneses na Manchúria eram os prejudicados por estas regras.

Apesar da amarga realidade, Doshin So encontrou uma lição que moldou os princípios do Shorinji Kempo. Ele notou que não era a ideologia, diferenças religiosas ou políticas nacionais que determinavam o curso dos eventos, mas sim o caráter e o modo de pensar das pessoas envolvidas. As suas palavras foram "A pessoa! A pessoa! Tudo depende da qualidade da pessoa."

A derrota do Japão na Segunda Guerra levou à repatriação do Doshin So e indiretamente causou a transmissão do kempo para o Japão. No seu retorno, em Junho de 1946, ele encontrou pessoas confusas, sem esperança ou senso de utilidade. Doshin So pôde perceber que elas estavam com falta de moralidade e orgulho, e então começou a ensinar as artes que tinha aprendido.

Apesar de chamada Shorinji Kempo, a arte não é um conjunto do kempo Chinês, mas uma fusão e reorganização de todas as disciplinas marciais estudadas por Doshin So na China e Japão. É o kempo reexaminado e amplificado pela adição de uma filosofia.

Doshin So fundou o Shorinji Kempo no Japão em 1948 e ficou conhecido com 'Kaiso', que pode ser traduzido como 'fundador'. Ele estabeleceu a matriz do Shorinji Kempo em Tadotsu, província de Kagawa, na ilha de Shikoku. Em 1951, o Kongo Zen Sohonzan foi fundado, com Shorinji Kempo como seu principal ensinamento. Em 1953 ele fundou a Federação Shorinji Kempo. Em 1974 a Organização Mundial de Shorinji Kempo foi estabelecida. Atualmente existem 2.950 filiais somente no Japão. Existem mais de 1.500.000 praticantes ao redor do mundo e é praticada em 31 países.

Infelizmente, no dia 12 de Maio de 1980, Kaiso faleceu de uma doença no coração. Desde então, sua filha Yuuki So, Shike Doshin So, continua seu trabalho no Shorinji Kempo. Ela é Kancho do Kongo Zen Sohonzan Shorinji e Presidente do World Shorinji Kempo Federation.